VÔLEI | Vôlei Ribeirão faz grande jogo, mas esbarra no Campinas

21/02/2019

Partida equilibrada do início ao fim na Cava do Bosque, com quatro sets disputadíssimos, termina com vitória do time campineiro por 3 a 1

O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (Secretaria de Esportes) apresentou na noite desta quarta-feira (20) um voleibol de alto nível, promovendo com o Vôlei Renata, de Campinas, um grande jogo no Ginásio Gavino Virdes, complexo esportivo da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto. No fim, vitória dos campineiros por 3 sets 1, parciais de 23/25, 33/31, 24/26 e 23/25. Em todos os quatro sets, o placar foi definido nos detalhes.

No jogo, válido pela 18ª rodada da Superliga Cimed 2018/19, o Campinas quebrou a sequência de duas vitórias do Cavalo Ace. O Vôlei Ribeirão segue em nono lugar na classificação com os mesmos 16 pontos. O Campinas foi a 27 pontos, dentro do G8.

Nos dois primeiros sets houve muito equilíbrio, com os campineiros vencendo o primeiro por 25 a 23. Repetindo o que aconteceu na primeira partida em Campinas, quando um dos sets foi o mais longo da Superliga, o segundo jogado em Ribeirão não foi diferente, com os donos da casa marcando 33 a 31 em 43 minutos.

O terceiro set estava sendo disputado ponto a ponto, mas uma forte chuva que caiu em Ribeirão Preto e região provocou queda de energia e a paralisação do jogo quando Ribeirão vencia por 13 a 11. O jogo ficou parado por 43 minutos. A partida foi reiniciada com o mesmo equilíbrio e a vitória campineira por 26 a 24, com os jogadores de Ribeirão contestando a marcação do último ponto.

O quarto set começou com um cartão vermelho para o time de Ribeirão, devido às reclamações do set anterior. Campinas abriu vantagem e Ribeirão encostou, mas a vitória ficou mesmo com o time visitante, que fechou o set em 25 a 23 e a partida em 3 a 1.

A torcida ribeirão-pretana ficou revoltada com a arbitragem. O técnico Marcos Pacheco não tirou a razão dos torcedores. "Quando um jogador ou um técnico não faz um bom trabalho, ele não consegue se manter na profissão. Na arbitragem isso não acontece. Um lance ou outro pela força e velocidade do jogo é normal, mas erros capitais não podemos concordar. Não podemos concordar com a conduta no jogo. Foram erros cruciais. Claro que Campinas fez um excelente jogo. Não quero tirar o mérito deles", comentou Pacheco. Com 20 pontos, Gabriel foi o maior pontuador do Vôlei Ribeirão na partida.

O time treinado por Pacheco volta à quadra neste sábado (23), às 11h, em São Bernardo do Campo, para enfrentar a equipe de São Judas Voleibol.

Ajustes na tabela
O jogo do Vôlei Ribeirão contra o Taubaté, fora de casa, que estava agendado para o dia 9 de março, foi antecipado para o dia 28 de fevereiro, uma quinta-feira, às 20h. Outra confirmação foi no horário da partida contra o Sesc-RJ, pela última rodada da fase de classificação, na Cava do Bosque. O jogo serà às 19h30 do dia 16 de março.

O Vôlei Ribeirão é um projeto de iniciativa da Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio do Fundo Social de Solidariedade e Secretaria Municipal de Esportes, e conta com patrocínios da São Francisco Saúde, Sicoob, MRV Engenharia e Arteluz, e apoio da Fórmula Academia, Clínica Collucci, Muraca Sports, Salute Restaurante e Pizzaria e FollowX Comunicação. Além do lado esportivo, a equipe tem caráter social. O projeto consiste ainda em inclusão social por meio do esporte.

VÔLEI RIBEIRÃO NA SUPERLIGA 2018/19 | 2º TURNO
12/01 (SAB) 18h00 Sesi-SP 3 x 0 Vôlei Ribeirão
19/01 (SAB) 17h00 Vôlei Ribeirão 0 x 3 Cruzeiro-MG
30/01 (QUA) 20h00 Vôlei Itapetininga 3 x 1 Vôlei Ribeirão
02/02 (SAB) 19h00 Maringá Vôlei-PR 3 x 1 Vôlei Ribeirão
09/02 (SAB) 17h00 Vôlei Ribeirão 3 x 2 Caramuru Vôlei-PR
15/02 (SEX) 19h00 Corinthians 1 x 3 Vôlei Ribeirão
20/02 (QUA) 20h00 Vôlei Ribeirão 1 x 3 Campinas
23/02 (SAB) 11h00 São Judas Voleibol x Vôlei Ribeirão
28/02 (QUI) 20h00 Taubaté x Vôlei Ribeirão
13/03 (QUA) 19h00 Vôlei Ribeirão x Minas-MG
16/03 (SAB) 19h30 Vôlei Ribeirão x Sesc-RJ

Texto: Fabiano Ribeiro
Fotos: Renan Bin/FollowX Comunicação