VÔLEI | Vôlei Ribeirão encarou mais um candidato ao título da Superliga

12/01/2019

Na Capital, Cavalo perde por 3 sets a 0 e segue na décima colocação; próximo jogo é contra o pentacampeão Cruzeiro, em casa

Diante do atual vice-campeão brasileiro e campeão da Supercopa, o Sesi-SP, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (Secretaria de Esportes) foi derrotado na noite deste sábado (12) por 3 sets a 0 (25/19, 25/21 e 25/16) na abertura do returno da Superliga Cimed 2018/19. A partida foi disputada no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, e apresentou alguns momentos de equilíbrio.

Tanto no primeiro set quanto no segundo, o Cavalo chegou a estar na frente abrindo vantagem de três ou quatro pontos, mas a força do elenco do Sesi-SP, candidato ao título e um dos líderes, foi determinante para o placar final da partida. O Sesi-SP chegou aos 27 pontos, dividindo as primeiras posições com Sesc-RJ e Cruzeiro, enquanto que o Vôlei Ribeirão seguiu com 11, mantendo-se em décimo lugar na classificação da Superliga.

Na avaliação do técnico Marcos Pacheco, a equipe ribeirão-pretano apresentou alguns erros que serão corrigidos no retorno da equipe a Ribeirão Preto. "Nosso time terminou o primeiro turno do campeonato muito bem, com evolução no ritmo de jogo, mas voltou diante do Sesi a cometer erros que cometia no ano passado. Nessa semana vamos trabalhar para retomar o mesmo ritmo que colocamos em quadra diante do Sesc, lá no Rio de Janeiro [quando Ribeirão somou ponto diante do líder]".

Neste sábado, contra o Sesi, o ponteiro Gabriel foi mais uma vez o maior pontuador do Vôlei Ribeirão com 11 pontos, seguido do central Brunão, com oito, e do central Petrus, com quatro. Petrus ainda fez mais dois pontos de bloqueio e agora tem 35 "blocks" no campeonato. O recém-contratado Bruno Biella não jogou. Eder, do Sesi, foi o maior pontuador do jogo com 12 pontos.

O Vôlei Ribeirão voltará a jogar diante de outra "pedreira" no sábado seguinte, dia 19. Na Cava do Bosque, receberá o atual pentacampeão Cruzeiro na Cava do Bosque. "É mais um jogo de muita dificuldade, mas a Superliga é assim. São jogos com objetivos diferentes, mas sempre com dificuldades intensas em várias partidas", completou Pacheco. As informações sobre trocas de ingressos para a partida contra o clube mineiro serão divulgadas durante a semana pela equipe de comunicação.

O Vôlei Ribeirão é um projeto de iniciativa da Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio do Fundo Social de Solidariedade e Secretaria Municipal de Esportes, e conta com patrocínios da São Francisco Saúde, Sicoob, MRV Engenharia e Arteluz, e apoio da Fórmula Academia, Clínica Collucci, Muraca Sports, Salute Restaurante e Pizzaria e FollowX Comunicação. Além do lado esportivo, a equipe tem caráter social. O projeto consiste ainda em inclusão social por meio do esporte.

VÔLEI RIBEIRÃO NA SUPERLIGA 2018/19 | 2º TURNO
12/01 (SAB) 18h00 Sesi-SP 3 x 0 Vôlei Ribeirão
19/01 (SAB) 17h00 Vôlei Ribeirão x Cruzeiro-MG
30/01 (QUA) 20h00 Vôlei Itapetininga x Vôlei Ribeirão
02/02 (SAB) 18h00 Maringá Vôlei-PR x Vôlei Ribeirão
09/02 (SAB) 17h00 Vôlei Ribeirão x Caramuru Vôlei-PR
16/02 (SAB) 18h00 Corinthians x Vôlei Ribeirão
20/02 (QUA) 20h00 Vôlei Ribeirão x Campinas
23/02 (SAB) 11h00 São Judas Voleibol x Vôlei Ribeirão
28/02 (QUI) 20h00 Vôlei Ribeirão x Minas-MG
09/03 (SAB) 18h30 Taubaté x Vôlei Ribeirão
16/03 (SAB) 17h00 Vôlei Ribeirão x Sesc-RJ*
*O horário será definido posteriormente

Texto: Rafael Gonçalves
Foto: Karen Griz/SESI-SP