VÔLEI | Taça Prata é definida com o Vôlei Ribeirão e mais sete equipes

06/10/2017

Competição que dará o acesso para a Superliga B será disputada em Itapetininga e está prevista para os dias 23 a 29 de outubro

Os adversários do São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão em busca da vaga na Superliga B, bem como a sede da competição, foram definidos pela CBV (Confederação Brasileira de Voleibol). A equipe ribeirão-pretana presidida pelo campeão olímpico Lipe e que tem como objetivo chegar à elite do vôlei nacional jogará em Itapetininga, sede da Taça Prata, com jogos previstos entre os dias 23 e 29 de outubro no Ginásio Ayrton Senna.

A tabela ainda não foi divulgada, mas já está confirmado que a Taça Prata contemplará três vagas para a Superliga B. Além do Vôlei Ribeirão, o campeonato contará com o anfitrião Itapetininga, São José Vôlei, Santo André - todos adversários paulistas -, Nilton Lins-AM, Palmas-PR, Foz do Iguaçu-PR e Conceição de Mato Dentro-MG.

"Este é o nosso campeonato da temporada. Usamos o Estadual como preparação, contratamos três reforços [Fábio Paes, Brunão e Rafael], tivemos uma boa participação na Copa Maringá e estamos preparados para buscar o acesso à Superliga B. O Pacheco [Marcos, técnico] tem feito um excelente trabalho para colocar Ribeirão Preto nas competições nacionais de alto nível", avaliou o supervisor do Vôlei Ribeirão, Dado Baptista.

A Taça Prata, considerada a terceira divisão do Brasil, foi disputada pela primeira vez na temporada passada. Com sede no Rio de Janeiro, sete times estiveram na disputa - nenhum de São Paulo - e quatro deles subiram para a Superliga B em 2016: Sesc-RJ, Montecristo-GO, Rádio Clube/Campo Grande-MS e Jaó-GO.

O Vôlei Ribeirão conta com patrocínios da São Francisco Saúde, Sicoob e Raízen, e apoio da Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Fórmula Academia, Clínica Collucci e Muraca Sports.

Além do lado esportivo, a equipe tem caráter social. Os ingressos dos jogos em casa são trocados por alimentos ou produtos que são destinados ao Fundo Social de Solidariedade. O projeto consiste ainda em inclusão social por meio do esporte.

AS 8 EQUIPES DA TAÇA PRATA
São Paulo
São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão
São José Vôlei
Super Vôlei Santo André
Vôlei UM Itapetininga

Amazonas
AA Nilton Lins

Paraná
Fadep/Sudati/Palmas Voleibol
Foz do Iguaçu

Minas Gerais
Conceição de Mato Dentro


Texto: Rafael Gonçalves
Foto: FL Piton/CCS