VÔLEI | Ponteiro do Vôlei Ribeirão, Gabriel é convocado para a Seleção Brasileira

18/07/2018

Dono de saques potentes e destaque do time na temporada 2017/18, Gabriel vai representar o Brasil na Copa Pan-Americana, em Veracruz, no México

O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão atingiu um novo patamar no cenário do voleibol brasileiro. Campeão da Taça Prata em 2017 e da Superliga B em 2018, conquistando o acesso à Superliga A em menos de um ano de história, o time ribeirão-pretano presidido por Lipe Fonteles teve no início da tarde desta quarta-feira (18) o seu primeiro jogador convocado para a Seleção Brasileira. Aos 25 anos, o ponteiro Gabriel Pessoa foi anunciado pela CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) e vai representar o Brasil na Copa Pan-Americana. O torneio será disputado de 12 a 20 de agosto em Veracruz, no México.

"Foi muito emocionante, eu não esperava. Era algo que parecia tão distante que no momento em que eu soube da convocação não me atentei nem para qual campeonato era [risos]. A ficha demorou para cair. A felicidade é muito grande", comemorou Gabriel, que se apresentou à Seleção, em Saquarema, no Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira e já treinou sob comando de Giovane Gávio - ao mesmo tempo, Renan Dal Zotto treina outros jogadores para o Campeonato Mundial também de olho no time do Pan.

De Ribeirão para a Seleção!
Gabriel defenderá a Seleção Brasileira pela primeira vez na carreira, meses depois de ter se destacado com a camisa do Vôlei Ribeirão. Em março deste ano, durante a Superliga B contra o Itapetininga, o ponteiro atingiu a impressionante marca de 11 aces em um total de 25 saques, somando 25 pontos no jogo.

"Eu nunca tinha ido para a Seleção Adulta. Uma vez fui convocado para treinar com a Seleção de base, já conhecia Saquarema, mas não fui para nenhum jogo. Vou dar o meu melhor. É uma grande oportunidade para ser visto e mostrar o meu trabalho. Representar a Seleção Brasileira sendo jogador do Vôlei Ribeirão, um projeto muito legal que dá todo o suporte para o atleta, é gratificante demais", completou Gabriel, destacando a importância do Vôlei Ribeirão para a sua evolução.

"Em Ribeirão Preto eu evolui quatro temporadas em uma só. Aprendi muito. O time que foi montado ano passado era muito experiente e senti na pele muita coisa que não havia sentido. Na época era 'ganhar ou ganhar' e subir para a elite. Não tinha outra solução. E hoje fico muito feliz em dizer isso: o Vôlei Ribeirão me ajudou demais, desde o técnico Marcos Pacheco até todos os outros integrantes. Do fundo do meu coração, obrigado. Agradeço a todos, funcionários e torcedores", finalizou.

Com Gabriel no elenco, o Brasil buscará o título da Copa Pan-Americana e uma das cinco vagas nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019.

O Vôlei Ribeirão é um projeto de iniciativa da Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio do Fundo Social de Solidariedade e Secretaria Municipal de Esportes, e conta com patrocínios da São Francisco Saúde, Sicoob e MRV Engenharia, e apoio da Fórmula Academia, Clínica Collucci, Muraca Sports, Salute Restaurante e Pizzaria e FollowX Comunicação. Além do lado esportivo, a equipe tem caráter social. O projeto consiste ainda em inclusão social por meio do esporte.

Texto: Rafael Gonçalves
Fotomontagem: FollowX Comunicação